terça-feira, 14 de novembro de 2017

Série Não Confunda (58)


Saudação esquilosa:

171)
Não confunda
"tashi delêk" *
com
"caxinguelê" **

* = saudação tibetana que quer dizer "tudo de bom"
** = nome indígena em tupi-guarani do "esquilo" brasileiro


Nota:
Na novela das 18h da Globo em Novembro de 2013, chamada Jóia Rara, os monges tibetanos (que falam português muito bem!) vivem chamando o esquilinho brasileiro o tempo todo!... Devem ter perdido ou acham que é a reencarnação de algum outro mestre...

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Série Não Confunda (57)


170)
Não confunda
"quem com ferro fere, com ferro será ferido"
com
"quem confere ferro, conferido será ferrado"



terça-feira, 31 de outubro de 2017

Série Não Confunda (56)

Ria de bruxaria:

168)
Não confunda
"gostosuras ou travessuras"
com
"gostosas ou travestis"

169)
Não confunda
"o dia das bruxas"
com
"a tia das buchas"






sábado, 21 de outubro de 2017

Série Não Confunda (55)


Bem devagarinho:

167)
Não confunda
"despacito"
com
"dez passinhos"



Série Não Confunda (54)


Transbordamento amoroso:

166) 
Não confunda
"se der, ame"
com
"se derrame"

Se bem que, em caso do amor transbordar, 

sempre tem quem se derrete e dá.


domingo, 15 de outubro de 2017

Série Não Confunda (53)


Tédio Médio:

"Se Tédio, se fosse bom, seria Médio."
( Mesdre )

Todo mundo ia querer que fosse Meu, e não Teu, dia.


 Bônus:

165)
Não confunda
"teu dia é médio"
com
"tédio é o meu dia"

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Elos da corrente


Elos da corrente...


Elos são anéis ou argolas entrelaçados, presos entre si.

String em inglês é corrente, algo em seqüência, em cadeia.


Esposa em espanhol é esposa mesmo, cônjuge, mulher.
Mas esposas, no plural, em espanhol quer dizer algemas, argolas que prendem (para a cadeia, cárcere).


Curiosa analogia de que alianças usadas como símbolo de casados são argolas.
Seriam os anéis algemas de dedos?


Podemos deduzir algumas mensagens intrínsecas na palavra "algema":


algema >> al(ma)_gêm(e)a ?
algema >> algem_ma >> alg(u)ém má ?
algema >> all_gema >> gemer toda ?
algumas algemas >> mais algo e sal na gema ?



Outro anagrama:

esposar >> sopesar >> só pesar >>

casar é constante pressão ou puro fardo?

E daí? Nada, apenas palavras que se encadeiam nas correntes do pensamento.



sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Graças à pronúncia (1)


Pronúncias na Fórmula 1

Na corrida passada, os narradores e comentaristas da TV Globo, passaram a se corrigirem para pronunciar o nome do alemão Sebastian Vettel.
Eles diziam: "é Cebástian Féteu", enfatizando o F em vez do V, o que está corretíssimo!
O problema é quem em alemão o S + vogal no início da palavra tem o som de Z, e portanto o nome do campeão deveria ser dito/lido como "Zêbástian FêteL", com o cuidado ao pronunciar também o L final como L e não com U, e de não nasalizar o N final, como tendemos a fazer.

Isto me lembra outra discussão, quando o talentoso e grande (alto) piloto polonês Robert Kubica começou a chamar a atenção do mundo.
Por aqui, todos o referenciavam por "KúbiKa".
Mas em polonês se diria "KubíTZa", com a mudança também do acento tônico além da pronúncia correta da letra C, segundo me confirmou um colega de trabalho que era polaco.
Bem, o próprio piloto, quando questionado numa entrevista, disse não se importar como pronunciassem seu sobrenome; ele mesmo se dizia "KubíKa" para evitar problemas com a tendência internacional.

Mas o que mais me diverti sobre esses nomes de piloto foi com o do nosso brasileiro Nelson Piquet.
A gente sempre o chamou de "Nélson PiquÊ", porque seu nome seria francês e assim soaria.
Mas quando eu estive na França em 1982, amigos me perguntaram sobre o tal "Nelsón PiquÊTCHi", porque sendo o piloto brasileiro, seria assim que leríamos o seu nome aqui. 
Eu ri muito, pois jamais esperaria por esta lógica, sobre um sobrenome francês. rs



domingo, 24 de setembro de 2017

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

UA-u!


LUA
FLUTUA
ATUA
PERUA
NUA
INFLUA
LÍNGUA
ACUA
DESTRUA
SUA
GRUA
RECUA
ATENUA
AMUA
APAZIGUA
AGUA
CRUA
FLUA
RUA


terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Qual A COR vamos DAR hoje? (4)


Tem gente que
trabalha com cultura, com assistência social, com informática...
Eu, não. Eu
trabalho com vontade de ir logo pra casa.


segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Qual A COR vamos DAR hoje? (3)


Tem gente que
trabalha com artes, com saúde, com banco, com seguro, com tecnologia...
Eu, não. Eu
trabalho com sono.


sábado, 7 de janeiro de 2017

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017